FRENTES DE LUTA

DESENVOLVIMENTO DOS TERRITÓRIOS

MILITANCIA, TRABALHO E PARTICIPAÇÃO POPULAR

Acreditamos que só é possível o desenvolvimento territorial se houver desenvolvimento comunitário sustentável com protagonismo, interdependência e autonomia para construção das políticas públicas. Cada um de nós cidadãos periféricos sabemos as reais necessidades dos nossos bairros.

Para que que esse projeto seja real e possível é necessário pensar em 3 fatores importantes estruturais na cidade de São Paulo. Educação, Segurança Pública e Cultura são pilares importantes que afetam as nossas vidas cotidianamente.

A periferia pode sim, ser um ambiente do bem viver e plural para isso defendemos:

CULTURA

• Nossa proposta é potencializar as construções culturais e empreendedoras que existem nas periferias, democratizando acesso e investir nas microeconomias, por exemplo, as vendedoras de alimentos, o feirante, etc. que movimenta as economias das grandes periferias. Cabe ao município alocar recursos de forma direta, com contrapartidas justas, auxiliando os territórios periféricos a pensar a cultura e as microeconomias de forma ampliada;

• Atualização e implementação do Plano Municipal de Cultura, que na atualidade abrange grandes possibilidades da arte ser um instrumento de inspiração e possibilidades para a juventude;

• Criar coletivamente com estudantes, educadores, agentes culturais, artistas, representantes dos movimentos de mães crecheiras e população em geral um projeto de lei em parceria com educação, cultura e saúde para efetivamente garantir uma educação integral para nossas crianças, adolescentes e jovens;

• Pensar em mecanismos efetivos de participação popular no plano orçamentário da cidade e no plano diretor que são processos decisórios para efetivação de políticas públicas na cidade de São Paulo;

SEGURANÇA PÚBLICA

• Criar comitês populares para realizarmos a discussão de projetos de Lei sobre segurança pública que englobe temas sobre a descriminalização da maconha, justiça restaurativa que consiste em um paradigma não punitivo com o objetivo de reparar os danos causados às partes envolvidos e a reconstrução das relações rompidas; repensar a partir de um modelo de segurança cidadã que tem como foco proteção da vida; efetivação de uma agenda municipal sobre desmilitarização da polícia e fortalecimento das redes e políticas de equidade racial e socioassistencial.

EDUCAÇÃO

• Fortalecer e repensar projetos de Lei junto ao Conselho Municipal da Criança e Adolescente e Conselho Municipal de Educação na perspectiva das crianças e adolescentes terem acesso à educação em tempo e de forma integral;

• Colaborar e fiscalizar a implementação do FUNDEB (Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação);

• Implementar políticas públicas de inclusão digital para as escolas municipais de São Paulo e espaços culturais;

• Criar projeto de LEI junto a população e secretaria do meio ambiente projetos efetivos de educação agroecológica e permacultura para que alunos e professores da rede possam se inspirar e pensar uma cidade mais sustentável;

• Repensar projetos de Lei ou Programas de incentivo que tenha articulação entre as escolas, artistas e equipamentos culturais para que nossos educandos tenham de fato acesso a cultura;

• Acompanhar, dialogar e construir junto aos educadores e a sociedade civil organizada, propostas reais e possíveis das agendas de reivindicações dos direitos das trabalhadoras e trabalhadores da educação;

• Repensar projetos e programas educativos vinculado ao currículo e a base nacional comum curricular que venha desenvolver processos de aprendizagem sobre questões da violência contra a mulher e das pessoas LGBTTI+ garantido a participação e protagonismo desses agentes.

Neudes Carvalho. ©2020. Todos os Direitos Reservados. CNPJ – 39.110.651/0001-70

Vamos Juntxs
Vamos Juntxs
Entre e participe da nossa campanha!